Letra Forgotten ( Portugues ) de Linkin Park


De cima para baixo
De baixo pra cima eu paro
No caroço eu esqueci
No meio de meus pensamentos
Levado longe de minha segurança
O quadro está lá
A memória não me escapará
Mas por que se eu deveria me preocupar (2x)

Há um lugar tão escuro que você não pode ver o fim
(Céus levantam atrás) e choca o que não pode se defender
A chuva então envia perguntas ácidas gotejando
Vigorosamente, o poder de sugestão
Então com os olhos olhando firmemente fechado
Olha o pensamento só o pó ferruginoso e podre
Uma mancha de inundações claras no chão
E se derrama em cima no mundo enferrujado de falsos
Os olhos ficam aliviados quando abertos e fica escuro novamente
Refrão
Bridge
Na memória você me achará
Olhos que queimam
A escuridão que me segura firmemente
Até que o sol apareça

Mexendo pra todo lado
Gritos das descidas e subidas
Poluição manifestou-se num som perpétuo
As rodas vão em volta e o pôr-do-sol rasteja
Além do Abajures de rua, cadeia-ligação, e concreto
Um pequeno pedaço de papel com um desenho pintado
Flutua pela rua até o vento parar
A memória agoraé como o quadro era antes
Quando o papel está amassado não pode ser perfeito de novo
Refrão
Bridge
Agora você me pegou no ato
Você traz o pensamento de volta
Eu estou lhe contando isso
Eu vejo isto por você (7x)
Bridge (2x)


Ultimas Letras 2014

Chat:

Linkin Park LINKIN PARK
Letras de Linkin Park
Letras